Protagonista consciente ou vítima das circunstâncias?

22/10/2017

Todo processo terapêutico, todo processo de despertar, de resolver, de conquistar o que se deseja é um processo para a transformação.

Quem não estiver disposto a assumir a sua parcela de responsabilidade quanto às suas concepções, crenças, paradigmas e posturas (e não acordar para o fato de que é o co-criador de sua realidade, conscientemente ou não) a transformação positiva não acontece ou acontece bem meia boca.

Técnicas como PSYCH-K® e EMF Balancing Technique®, por exemplo, vão ajudar imensamente em seu processo de liberação, bem-estar, conquista de seus objetivos e quem sabe, até cura física, mas o processo de co-criação continuará a ser seu, sempre seu.

Perguntar ao seu facilitador ou terapeuta aonde a abordagem irá levâ-lo - a que conquistas (diferente de perguntar como ela atua) é uma forma inconsciente de ainda projetar a sua escolha e o seu poder ao externo, ao outro (e de ainda não assumir a sua autorresponsabilidade).

Ajudamos você a se liberar dos freios e de muitos conteúdos limitantes ao nível de memória celular (ou subconsciente), mas se depois de um tempo você insistir em praticar a velha postura de vítima e de não reconhecimento de suas co-criações, você retoma a velha criação do que não deseja. Tem gente que de forma alguma quer se libertar do papel de vítima, agarra-se tanto às ideias pré-concebidas da vida, do script que aprendeu ou do que concebe como "certo", que não permite o outro ser como é e nem a si mesmo, e, claro, sobretudo a vida (em sua potencialidade de beleza, harmonia e criação pura).

Você pede, a ajuda vem, ou as circunstâncias refletem seu movimento ou desejo de melhorar, mas você não enxergará o que não estiver pronto ou disposto a enxergar. E nunca estará pronto se não estiver disposto a se "trabalhar", desprogramando ou descondicionando-se dos paradigmas aprendidos que limitam a sua vida.

Nisso tudo, desejo mesmo é que tenhamos primordialmente a coragem necessária para reconhecermos e sustentarmos a divindade que habita em nós e a disposição de continuarmos a despertar para o nosso potencial de melhor criar uma existência melhor.

Por Karla Ramonda (Facilitadora profissional de PSYCH-K® e Praticante credenciada de EMF Balancing Technique®).

41 9 9929 - 2511

www.karlaramonda.com.br

contato@karlaramonda.com.br

www.linkedin.com/in/karlaramonda